O que são os Taninos do Vinho?

artigo_o que-são-os-taninos-do-vinho

Boa pergunta que até adivinho a curiosidade de quem tanto ouve falar em taninos sem que ninguém se dê ao trabalho de explicar o que são. Também já por aí passei.

Descritos duma forma nada academia e para que entendas melhor os taninos causam a mesma sensação na boca do que comer uma banana verde, que agride as mucosas e seca a boca. Os taninos fazem exactamente o mesmo.

Aplicado aos vinhos diz-se que se os taninos do vinho forem muito agressivos – alguns vinhos tintos – que os vinhos são tânicos e geralmente aconselham a que se guarde o vinho até que os taninos vão arredondando e se moldem, proporcionando uma sensação mais agradável e confiram textura aos vinhos tintos. Sim, é isso que acontece. Como rapidamente percebes os vinhos mais importantes – melhores – em jovens têm muitos taninos para conseguirem durar muito tempo.

Afinal de onde vêm os taninos do Vinho?

A resposta é simples de todas as partes vegetais da uva – películas, grainhas – e do engaço – o esqueleto do cacho – que quando prensadas passam os seus componentes para o vinho, naturalmente em diversas proporções.

Se o vinho estiver muito tempo em contacto com o engaço dá-se uma grande transferência de taninos e logo o vinho em jovem será muito adstringente, talvez demasiado . Se este contacto for reduzido eis que o vinho é mais agradável, mas tem o seu preço, não dura tanto em garrafa pelo que a sua vida é mais curta, são estes os vinhos a consumir jovens.

Mais não é preciso dizer para explicar o que são os taninos. Não concordas?

Regista-te no Twu

Adere ao TWU!

error: Conteúdo Protegido
pt_PTPT
en_GBEN es_ESES pt_PTPT