Oferecer um bom vinho pode ser uma tarefa difícil. Mas o TWU tem a resposta

oferecer_vinhos_twu

Muitas pessoas, maioritariamente amigos, perguntam-me como posso ter a certeza de que estou a oferecer um bom vinho ?
Embora pensando que é uma excelente pergunta, a resposta não é directa, nem fácil, suponho, isto porque independentemente do vinho ser bom, para ser apreciado, é necessário que seja do agrado de quem o recebe, sim, de que serve oferecer um grande vinho tinto a alguém que só aprecia vinhos brancos. Pode parecer uma questão tonta, mas não é: tenho uma amiga que só bebe vinhos brancos.

Ultrapassado este primeiro ponto temos de convir que os vinhos são mais do que os rótulos e que a questão se complica se a isso somarmos a questão dos anos, os melhores e os não tão bons, e se eu quero oferecer um grande presente posso simplesmente “meter a pata na poça” com a melhor das intenções.

Claro sabes, sei eu, que refugiares-te nas marcas conceituadas (vamos admitir que isso é uma garantia de valor) duma Região conceituada é sempre uma boa forma de juntar valor à oferta e distinguir quem recebe o nosso apreço. Paga-se o preço, dá-se um bom presente mas não um presente diferente, e não é isso que queremos, pois não ?

O que queremos mesmo é dar um presente diferente pela sua exclusividade, para acrescentarmos valor ao presente, aumentando assim o reconhecimento que quem recebe que de alguma forma tem por nosso intermédio acesso a vinhos diferentes.

Para chegar lá, podemos sempre ir a uma garrafeira e mediante o nosso orçamento pedir uma opinião e acolhermos o que nos dizem sendo que, se leigos, podemos estar a contribuir para o escoamento de um stock já antigo na casa. Uma pena, mas na vida temos de correr riscos. Caso assim seja estamos mais perto do objectivo, quem recebe, sente-se mesmo distinguido, especial…

Aqui chegados, devo fazer uma declaração pessoal, nunca gostei de oferecer vinhos comprados em garrafeiras e afins, pois fartei-me de ouvir comentários do próprio ou de amigos presentes, do tipo, “eu gostava mais do vinho dessa marca do ano tal“, e lá ficava o meu presente diminuído. Ou então, “dessa Região gosto mais do XXX” , e lá saltava uma qualquer marca conhecida ou não, que tinha um efeito demolidor no presente que acabava de dar.

Esgotadas as hipóteses, porque não fazeres o teu amigo ou amiga sócio dum Clube de Vinhos, é fácil, está ao alcance de todas as bolsas e quem recebe fica com a excitação sobre que vinho irá receber. Na mouche, Ganda presentão, marcaste todos os pontos possíveis. Cumprimos o objectivo, quem recebe, sente-se mesmo distinguido, vais ver e tu ainda passas por PRO.

Vai a www.TWU.pt e descobre como.

Preenche os dados e nós contactamos-te:

error: Conteúdo Protegido
pt_PTPT
en_GBEN es_ESES pt_PTPT